Nós Construímos Joinville!

Formulário de busca

Notícias

Você está em: Página Inicial » Notícias » Cem startups transformam a construção civil no mundo

05.04.2018

Cem startups transformam a construção civil no mundo

Consultoria elenca empresas inovadoras presentes em 21 países, incluindo o Brasil, e que estão agregando tecnologia ao canteiro de obras

Divulgação

Startups que trabalham com realidade aumentada e realidade virtual estão entre as que se destacam no novo mundo da construção.

Em 2017, 100 startups instaladas em 21 países, e vinculadas à indústria da construção civil, faturaram 735 milhões de dólares (aproximadamente 2,4 bilhões de reais). São empresas inovadoras, que estão agregando tecnologia em áreas que vão desde o gerenciamento de projetos até o controle de suprimentos no canteiro de obras. A maioria delas está nos Estados Unidos, mas se consolidam também no Canadá, França, Alemanha, Índia, Sérvia, Austrália, Holanda, Irlanda, Inglaterra, Bélgica, Dinamarca, Suécia, Noruega, Estônia, Rússia, Turquia, Israel, Chile e Brasil.

Através das startups, os smartphones se transformaram em ferramentas essenciais para todos os envolvidos no projeto. As informações podem ser compartilhadas na nuvem, o BIM tornou-se o software-padrão nas obras, os drones viraram os olhos do empreiteiro e a Inteligência Artificial e a robóticapermitiram dar velocidade ao cronograma.

Os avanços obtidos pelas startups vão além do canteiro de obras. Depois que a edificação é concluída, há um segmento destas empresas tecnológicas que gerencia a vida útil do empreendimento. Se o prédio possui certificações de sustentabilidade, são elas que vão tratar de todas as demandas relacionadas à conservação do prédio verde. 

Segundo a consultoria norte-americana CB Insights, as startups já estão atuando em 10 categorias ligadas à construção civil, que são: gerenciamento de projetos, marketplace, compartilhamento de equipamentos, AR/VR (Realidade Aumentada e Realidade Virtual), robótica, tecnologia de design, gestão da cadeia de suprimentos, gerenciamento de risco, monitoramento e segurança e gestão financeira.

Entre as 100 startups que já despontam como protagonistas no setor da construção civil, uma já pode ser considerada gigante. É a californiana KATERRA, que em janeiro de 2018 aliou-se ao SoftBank Investment Advisers para captar 865 milhões de dólares e aprofundar sua atuação em P&D (Pesquisa e Desenvolvimento). O objetivo da KATERRA é fornecer softwares personalizados para cada projeto. A ferramenta vai gerenciar toda a obra, dizendo o que fazer, como fazer e quando fazer. 

Construção civil ainda é o setor com menores níveis de tecnologia embarcada

Jeffrey Housenbold, sócio-gerente da SoftBank Investment Advisers, explica por que decidiu investir na KATERRA. “O setor de construção movimenta 12 trilhões de dólares por ano em todo o mundo. Ele é formado por dezenas de milhares de empresas que usam níveis mínimos de tecnologia. Embora o crescimento da produtividade do trabalho tenha aumentado vertiginosamente na economia global, a indústria da construção teve, em média, apenas 1% de crescimento anual da produtividade nas últimas duas décadas. Ou seja, é um ambiente fértil para o desenvolvimento de tecnologias, e as startups chegaram para operar essa revolução no setor”, diz.

No Brasil, a startup que aparece no ranking da CB Insights é a Construct, localizada em Porto Alegre-RS. A empresa desenvolve plataformas de comunicação para equipes em projetos de construção. A ferramenta possibilita que construtores, engenheiros, arquitetos e subcontratados colaborem em tempo real, criem relatórios instantaneamente, marquem as plantas digitais e documentem rapidamente todas as decisões tomadas no canteiro de obras.

Mesmo com uma startup brasileira se destacando em um ranking global, ainda há um vasto campo de atuação inexplorado dentro da construção civil do país, a começar pela disseminação da tecnologia BIM (Building Information Modeling). Segundo análise do Sebrae Inteligência Setorial, a construção civil nacional precisa vencer as barreiras da informalidade, da burocracia, das questões regulatórias e da baixa qualificação da mão de obra para que as startups possam se desenvolver no setor.

Confira as 100 startups que estão mudando a construção civil no mundo

1. Buildcon 

2. BuildingConnected

3. Pantera Global Technology

4. ALICE Technologies

5. BusyBusy

6. Fibo

7. CINX

8. Drawboard

9. Cloud Takeoff

10. Bouw7

11. Bridgit

12. BuilderTREND Solutions

13. BuildUp Technologies

14. BulldozAIR

15. Construct

16. EIDA Solutions

17. eSUB Construction Software

18. Falcon Brick

19. Leansite

20. Fieldly

21. Fieldwire

22. GenieBelt

23. Ipsum

24. Newforma

25. NoteVault

26. PlanGrid

27. think project! International

28. Procore Technologies

29. Blue Ronin (dba Basestone)

30. Rhumbix

31. Vernox Labs

32. Uptake Technologies

33. Abvent

34. DotProduct

35. Flux Factory

36. Graitec

37. IMERSO

38. Onshape

39. onTarget

40. Revizto (dba Vizerra)

41. Smartbim

42. Technical Sales International

43. Joist

44. BuildPay

45. HoloBuilder

46. InsiteVR

47. IrisVR

48. Pandora Augmented & Virtual Reality Technologies

49. ShilpMIS Technologies

50. Sensopia & MagicPlan

51. Scope AR

52. CBOT

53. Endless Robotics

54. Construction Robotics

55. Cooper Gray Robotics

56. AirZaar

57. Dronomy

58. Propeller Aerobotics

59. Skycatch

60. TraceAir Technologies

61. Unearth Technologies

62. DroneDeploy

63. Airware

64. 3D Robotics

65. BetterView

66. Viloc

67. Hyphen Solutions

68. SmartEquip

69. Katerra

70. Dozr

71. EquipmentShare

72. Equippo

73. Getable

74. Kwipped

75. Machinio

76. VeriTread

77. Buildkar

78. Builk

79. Con-Conn

80. OfBusiness

81. BuildZoom

82. Viirt

83. Swee10 (dba Sweeten)

84. Architizer

85. Work Today

86. Buildmetric

87. Raken

88. Express Lien (dba Zlien)

89. Biosite Systems

90. Capital Construction Solutions

91. Ackcio

92. BuildSafe

93. Einsite

94. FINALCAD

95. Modustri

96. Pavia Systems

97. Pillar Technologies

98. Xlsys Technologies (dba QwikSpec)

99. SignOnSite

100. Human Condition Safety

Entrevistado
Reportagem com base em relatório da CB Insights, consultoria em novas tecnologias (via assessoria de imprensa)

Contatos
info@cbinsights.com
Media@katerra.com

Jornalista responsável: Altair Santos MTB 2330

Fonte: Portal itambé


Deprecated: Function ereg_replace() is deprecated in /home/sindus/public_html/application/modules/site/controllers/NoticiasController.php on line 135